guilherme
programação
museu
educativo
tradução literária
cinema
publicações
bancos de dados
serviços

Oficina



JAMES JOYCE VIA COLETIVO FINNEGANS (3)

18 de Agosto de 2021 | 18h às 20h
Por Aurora Bernardini, Daiane Oliveira e Fedra Rodríguez

O Coletivo Finnegans abre as portas de sua oficina para relatar o processo de tradução colaborativa de Finnegans Wake, de James Joyce, sob organização de Dirce Waltrick do Amarante. No terceiro de quatro encontros a serem realizados ao longo do ano, integrantes do coletivo falam sobre a criatividade como método de tradução, a suposta intraduzibilidade dos termos estrangeiros dos capítulos 9 e 10 de Finnegans Wake e as traduções italianas da obra de Joyce.

Para realizar sua inscrição, clique aqui

A aula será transmitidas online, através da plataforma Zoom.

Esta atividade conta como crédito para o Programa Formativo para Tradutores Literários e para o Programa de Aprimoramento em Tradução Literária. 

Grátis

 

Aurora Bernardini, professora titular da Faculdade de Letras da Universidade de São Paulo, atua hoje na pós-graduação em Russo, Teoria Literária e Literatura Comparada e como pesquisadora sênior na mesma universidade. Ocupa-se com tradução literária, ensaística, crítica e criação. Entre os prêmios recebidos destacam-se Jabuti de “Tradução” pela obra  Il Dolore , de Giuseppe Ungaretti (2006); Premio Paulo Rónai de Tradução para Indícios Flutuantes, de Marina Tsvetáieva (2006) e Prêmio APCA pela cotradução de Exército de Cavalaria, de Isaac Bábel (2006). Como autora, publicou primeiramente um conto na revista Escrita, em 1977. A este seguiram-se outros, nas revistas PolímicaFieraTeyuíCaracol Noturno, Cult (onde publicou também poemas), Revista  E, em jornais como A Folha de S. Paulo e em revistas eletrônicas como Mnemozyne.  Uma reunião de seus contos saiu pela Editora 34, em 1998, com o título de Surtos Urbanos.

Daiane de Almeida Oliveira é doutora em Estudos da Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina (PGET/UFSC), mestra em Estudos Linguísticos e Literários / Inglês (PPGI-UFSC) e graduada em Letras / Língua Inglesa e Literaturas, pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Atualmente dedica-se principalmente à escrita literária.

Fedra Rodríguez é graduada em Letras (Francês), com mestrado e doutorado em Estudos da Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Universidad de Sevilla / Espanha. Atua como tradutora, roteirista, escritora, professora e crítica literária desde 2008. Pesquisadora no campo da literatura, tradução Intersemiótica e teoria da tradução, já realizou traduções e versões de obras entre distintas línguas, entre elas, francês, inglês, espanhol, galego e português.

voltar
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO MUSEU
Agendamento de visita (grupos): 55 11 3672-1391 | 3868-4128
Visitação: Terça a domingo, das 10h às 18h

CASA GUILHERME DE ALMEIDA
CENTRO DE ESTUDOS DE TRADUÇÃO LITERÁRIA

55 11 3673-1883 | 3803-8525 | contato@casaguilhermedealmeida.org.br
Museu: R. Macapá, 187 - Perdizes | CEP 01251-080 | São Paulo
Anexo: R. Cardoso de Almeida, 1943 | CEP 01251-001 | São Paulo

MAPA DO SITE

Este site utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.
Consulte sobre os Cookies e a Política de Privacidade para obter mais informações.

ACEITAR